Eleições Tag

Ambas, Ana Gomes e Marisa Matias, acabam de afirmar que não dariam posse a um governo que incluísse o CHEGA na sua constituição, caso qualquer uma delas ganhasse as próximas eleições presidenciais. Tal afirmação pode ter sido uma tirada para ter efeitos eleitorais e mediáticos, mas pode-se virar contra elas, dado ser, a hipoteticamente se verificar, uma decisão que violaria a Constituição. E isso abriria...

Tendo o teste político feito prova da sua validade por via do maior desafogo em que todos vivem, Outubro de 2019 há-de obrigar, e não só pela ditadura das contas eleitorais, a que PS, BE, PCP e PEV mantenham a disposição de considerarem que os quatro anos que se hão-de seguir representarão outras tantas oportunidades para afirmarem e concretizarem as lições retiradas...

A presença do BE, PCP e PEV no governo só será relevante se representar, no plano programático, mudanças significativas na orientação política, por exemplo, a descentralização, a fiscalidade, os rendimentos, a saúde e o ensino. Está a dizer-se que estes partidos têm condições e estão à altura para ocupar lugares no aparelho do governo e que a sua presença representaria uma garantia de que politicamente...

Tenhamos isto em consideração: o PPD de Sá Carneiro é o PPD/PSD de Cavaco Silva, Durão Barroso, Passos Coelho, e será o de Pedro Lopes, passados que foram quarenta e três anos da sua fundação. Todos eles tiveram a suprema sorte de, em 25 de Abril de 1974, lhes ter caído um balde de verniz em cima....

Nas actuais circunstâncias políticas importa, sobretudo, que os partidos que na Assembleia da República se juntaram ao PS para darem o seu apoio ao governo naquelas medidas que contam para a melhoria das condições de vida dos portugueses melhorem substancialmente a sua votação e a sua representação nos órgãos autárquicos. Essa é a garantia de que as populações ficarão seguramente mais bem servidas e que...