Fernando Medina, o paradigma do político irresponsável

Fernando Medina, o paradigma do político irresponsável

Fernando Medina foi hoje ao Parlamento prestar contas pelo facto de a Câmara Municipal de Lisboa (CMLX) ter fornecido dados, cerca de 120 vezes desde 2012, sobre manifestantes e manifestações a embaixadas estrangeiras de ditaduras tão ferozes e impiedosas com os seus opositores (matando-os de vários modos, a tiro, por envenamento, etc., mesmo quando estão no estrangeiro, ou prendendo-os de imediato quando regressam ao país deles ao estilo dos julgamentos sumários das ditaduras, etc.) tais como a Arábia Saudita, o Irão, a China, a Rússia, a Venezuela, etc., etc. O caso mais recente  e publicitado foi mais uma vez a com a Rússia, e já chegou ao Parlamento Europeu, além da Assembleia da República.

O Presidente da CMLX é pois o paradigma do político irresponsável: despede um responsável burocrático por violações reiteradas (cerca de 120 vezes desde 2012, contra determinação em contrário do anterior Presidente da CMLX, António Costa) do direito à proteção de dados e dos direitos humanos fundamentais na CMLX que dirige, nomeadamente o direito à vida, à integridade fisica e às liberdades públicas, fazendo do burocrata da CMLX o bode expiatório de tudo o que correu mal…. e enjeita assumir quaisquer responsabilidades políticas…. Ou seja, como bem sublinhou o eurodeputado no CDS-PP, Nuno Mello, na SICN, em 24-6-2021, de duas uma: ou Medina é incompetente pois não sabe o que se passa na Câmara que dirige, em matérias altamente sensíveis respeitantes a direitos humanos fundamentais; ou é conivente com a situação, e apenas enjeita assumir as suas incontornáveis responsabilidades políticas. Em qualquer caso, se tivesse um pingo de ética e uma réstia de sentido de responsibilidade política, o senhor Medina devia demitir-se, já!

André Freire
andre.freire@meo.pt

Professor Catedrático em Ciência Política. Foi diretor da Licenciatura em Ciência Política do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (2009-2015). É desde 2015 diretor do Doutoramento em Ciência Política do ISCTE-IUL. Investigador Sénior do CIES-IUL. Autor de numerosas publicações em livros e revistas académicas. Perito e consultor convidado de várias instituições nacionais e internacionais.

No Comments

Post A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.