Sobre nós

A VACA VOADORA

A vaca voadora é a metáfora que melhor exprime e sintetiza a solução política encontrada para a constituição do XXI governo constitucional. Só na presença e combinação de um conjunto de condições sociais e políticas particularmente favoráveis seria possível a um herbívoro com as características deste bovino ganhar asas, levantar voo e voar.

Mas uma vaca voadora é também o símbolo de que há impossíveis que se podem materializar em compromissos e ação política a partir do momento em que se valoriza e dá prioridade aos valores que são comuns aos engenheiros que lhe deram asas. Sendo fruto da necessidade e da arte do engenho, esta vaca voadora tem a sofisticação das obras que demoraram a ganhar forma e substância, manifestadas na leveza e agilidade com que assumiu a sua natureza alada.

Embora claramente apoiante da maioria parlamentar de esquerda que sustenta o XXI governo constitucional, a vaca voadora é um espaço de análise e crítica política autónoma e independente. Esta é pois uma contribuição e um lugar onde se procederá ao exame e promoverá o debate sobre a política e as políticas deste governo e dos seus parceiros parlamentares. Este exercício será orientado pelo princípio da livre expressão, da autorregulação e do contraditório. É intenção da vaca voadora voar, pairar sempre que as circunstâncias o exigirem, descer à terra quando disso for caso mas considerar o voo o seu modo natural de se deslocar.

Ana Prata
Ana Rita Ferreira
André Freire
António Hespanha
António-Pedro Vasconcelos
Bernardino Aranda
Carlos Fragateiro
Cipriano Justo
Elísio Estanque
Emmanouil Tsatsanis
Fernando Nunes da Silva
Francisco Teixeira
Goffredo Adinolfi
Helena Roseta
J.-M. Nobre-Correia
José Leitão
José Vítor Malheiros
Maria Abreu
Maria da Paz
Maria do Rosário Gama
Maria Tengarrinha
Marta Loja Neves
Mayra Goulart
Paula Marques
Paulo Fidalgo
Pedro Bacelar de Vasconcelos
Ricardo Santos
Rui Feijó
Teresa Dias Coelho
Tiago Fernandes