Liberdades democráticas sob fogo em Israel: o fecho da Al Jazeera em Jerusalém

Liberdades democráticas sob fogo em Israel: o fecho da Al Jazeera em Jerusalém

O braço judeu da aliança da direita radical populista e reacionária (Trump nos EUA, o governo de coligação hebreu, a Arábia Saudita, os aliados desta no Golfo Pérsico, o Egipto, etc.) fez uma baixa grave nas liberdades democráticas. O governo do Likud e seus colegas dos partidos fundamentalistas ortodoxos que compõem a coligação fecharam os escritórios da televisão do Qatar em Jerusalém. O processo ainda não está fechado, sobretudo se o Estado de Direito funcionar mesmo em Israel…, mas representa um fortíssimo ataque às liberdades democráticas no mundo! A TV do Qatar, a Al Jazeera, tem estado sob o fogo das ditaduras do Golfo apadrinhadas pelos EUA (a Arábia Saudita, os aliados desta no Golfo Pérsico, o Egipto, etc.), mas nem os sauditas se tinham atrevido a ir tão longe… Foi preciso vir a direita radical Israelita para fechar mesmo uma sucursal da Al Jazeera!… Onde estão os liberais-democratas ocidentais sempre tão preocupados e indignados com a situação na Venezuela?

André Freire
andre.freire@meo.pt

Professor Associado com Agregação em Ciência Política. Foi diretor da Licenciatura em Ciência Política do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (2009-2015). É desde 2015 diretor do Doutoramento em Ciência Política do ISCTE-IUL. Investigador Sénior do CIES-IUL. Autor de numerosas publicações em livros e revistas académicas. Perito e consultor convidado de várias instituições nacionais e internacionais.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.