Granma

Granma

Tendo a vaca voadora escolhido de que  lado está politicamente, não lhe podia ser indiferente a morte de Fidel Castro. Mesmo que só muito longinquamente estivesse ligado a Portugal, a sua dimensão histórica  é suficientemente importante para assinalarmos e sublinharmos aqui a sua qualidade de revolucionário. Apesar de estar quase tudo dito sobre ele e o contributo do povo cubano para a emancipação de outros povos nos mais variados lugares do mundo, Fidel Castro está intimamente associado a Portugal pela solidariedade que sempre mostrou com a revolução portuguesa,  demonstrando-a das mais diversas maneiras, pelo apoio que deu ao PAIGC de Amílcar Cabral na luta de libertação nacional e a  contribuição que o estado cubano prestou a Angola para que não caísse sobre a alçada da aliança entre o regime de apartheid da África do Sul, a UNITA e a FNLA, no que ficou conhecido por Operação Carlota, estávamos em 1975. Essa era a sua dimensão internacionalista.

Mas a liderança de Fidel Castro ficou sobretudo assinalada por ter conseguido mobilizar o povo cubano tanto para combater as ameaças directa dos EUA, de que o episódio mais conhecido é a invasão da Baía dos Porcos, como para responder ao embargo que dura há mais de cinquenta anos. A situação cubana e as vicissitudes por que os cubanos tiveram de passar não teriam sido as mesmas se estas condições não pesassem diariamente sobre as suas vidas. Ali foi ensaiada e desenvolvida pelo seu vizinho do norte uma estratégia para mostrar, custasse o que custasse,  que o capitalismo era superior ao socialismo. Se no plano do combate às desigualdades, à doença, ao analfabetismo, e à promoção da cultura Cuba encontra-se entre os países com melhores indicadores, mau grado o cerco de que ainda é objecto, podemos imaginar o patamar de desenvolvimento em que estaria se os tivessem deixado em paz, a construir a sociedade que tinham escolhido.

É, por isso, de toda a justiça lembrar aqui o histórico discurso de Fidel Castro perante a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, a 26 de Setembro de 1960, no qual expõe ao mundo o programa da revolução cubana, recentemente triunfante.. En consecuencia, la Asamblea General Nacional del Pueblo de Cuba, proclama ante América” —y lo proclama aquí ante el mundo: El derecho de los campesinos a la tierra; el derecho del obrero al fruto de su trabajo; el derecho de los niños a la educación; el derecho de los enfermos a la asistencia médica y hospitalaria; el derecho de los jóvenes al trabajo; el derecho de los estudiantes a la enseñanza libre, experimental y científica; el derecho de los negros y los indios a la ‘dignidad plena del hombre’; el derecho de la mujer a la igualdad civil, social y política; el derecho del anciano a una vejez segura; el derecho de los intelectuales, artistas y científicos a luchar, con sus obras, por un mundo mejor; el derecho de los Estados a la nacionalización de los monopolios imperialistas, rescatando así las riquezas y recursos nacionales; el derecho de los países al comercio libre con todos los pueblos del mundo; el derecho de las naciones a su plena soberanía, el derecho de los pueblos a convertir sus fortalezas militares en escuelas, y armar a sus obreros” —porque en esto nosotros tenemos que ser armamentistas, en armar a nuestro pueblo para defendernos de los ataques imperialistas—, “campesinos, estudiantes, intelectuales, al negro, al indio, a la mujer, al joven, al anciano, a todos los oprimidos y explotados, para que defiendan, por sí mismos, sus derechos y sus destinos. Algunos querían conocer cuál era la línea del Gobierno Revolucionario de Cuba.  Pues bien, ¡esta es nuestra línea!

Cipriano Justo
cjusto@netcabo.pt

Professor universitário, e especialista de saúde pública. Transmontano de Montalegre, com uma longa estadia em Moçambique, dirigente associativo da associação académica de Moçambique e da associação dos estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa. Várias publicações, entre as quais sete livros de poesia. Prémio Ricardo Jorge e Arnaldo Sampaio.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.