A ESCOICEAR

Quando se fala em Lisboa como cidade das pontes, como uma plataforma de encontro de mundos, e, ao mesmo tempo, ficamos felizes por ser mais barriga de aluguer que criadora, como vemos com o Rock in Rio, a Arco Madrid em Lisboa ou o Web Summit, perguntamo-nos qual é efectivamente a marca que Lisboa está a construir, se é que ela existe. Carlos Fragateiro...

Se a rendição da social-democracia aos valores da nova direita contribuiu para a situação social que se vive na Europa, cabe à esquerda fazer o seu trabalho sem perder de vista as alianças necessárias para conter e derrotar os ventos que vão soprar do Mississipi, do Arkansas, do Texas ou do Alabama....

A distância que liga a “humilhação” à “diversão” é muito curta; e essa passagem rápida – dir-se-ia do frio para o quente – cria um efeito de catarse, que se torna marcante, que fortalece as amizades entre “iguais na adversidade”; e exalta os laços tutelares entre “caloiros” e “doutores”. Por isso, alguns chegam a gritar pelo “direito à humilhação”. Supostamente, um requisito justificado para se...

É por tudo isso que a notícia de que Costa está a cumprir os acordos com os seus parceiros à esquerda é uma boa notícia não apenas para a saúde da aliança de esquerdas, é também uma excelente notícia para a democracia portuguesa. Ao contrario do governo e da maioria anterior, o XXI governo constitucional está a cumprir escrupulosamente os compromissos assumidos por cada um...

Em principio, é hoje aprovado na generalidade o segundo orçamento da solução política que sustenta o XXI governo constitucional: um governo minoritário do PS mas apoiado pela esquerda radical (designação puramente técnica e nada pejorativa) portuguesa, ou seja, pelo BE, PCP e PEV. Um governo minoritário, mas que num fundo é uma espécie de «coligação dissimulada» porque só o PS tem presença ministerial, mas a...