A intenção do PSD/CDS é clara e inequívoca: criar uma crise política cujo corolário seja a convocação de eleições antecipadas. É neste cenário que estes partidos estão a investir todos os seus recursos. Por alguma razão estão cegos e surdos a todos os sinais que lhes chegam do exterior. É que se não ganharem este combate, o lugar da direita vai ser um imenso deserto...

Porém, se tudo visto e analisado, a decisão for no sentido do desenvolvimento do que, em boa verdade, ainda não passa de um projecto mais ambicioso, então o programa dessa ambição terá necessariamente outros ingredientes e outras exigências, que vão muito além da política de reposições e de aperfeiçoamento de alguns mecanismos de governação....